Quinta, 28 de Outubro de 2021 18:07
(43)9.8860-1609
BRASIL Perdeu a batalha

Homem que fez campanha para tratamento de câncer deixa carta para família antes de morrer de Covid: 'Lutei até onde pude'

Raphael Melo Voltan morreu de Covid aos 31 anos, em Jundiaí (SP). Ele lutava contra o câncer linfoma não-Hodgkin, diagnosticado em abril de 2020, quando a namorada estava grávida. Neste ano, ele fez uma campanha para conseguir comprar um medicamento de R$ 360 mil.

24/08/2021 09h49
264
Por: Jaguariaiva em foco
Homem que fez campanha para tratamento de câncer deixa carta para família antes de morrer de Covid: 'Lutei até onde pude'

 

Raphael Melo Voltan morreu de Covid aos 31 anos, em Jundiaí (SP). Ele lutava contra o câncer linfoma não-Hodgkin, diagnosticado em abril de 2020, quando a namorada estava grávida. Neste ano, ele fez uma campanha para conseguir comprar um medicamento de R$ 360 mil.

Nos últimos momentos de vida, Raphael Melo Voltan deixou registrado o amor que sentia pela família em uma carta feita à mão. "Lutei até onde pude", escreveu ele ao fim de uma batalha de quase um ano contra um câncer e, mais recentemente, com a Covid.

Raphael morreu de Covid-19 aos 31 anos no domingo (22), em Jundiaí (SP). Ele descobriu o câncer linfoma não-Hodgkin em abril de 2020 — na época, a namorada estava grávida. Neste ano, precisou fazer uma campanha para conseguir comprar um medicamento de R$ 360 mil.

Em entrevista ao G1, a namorada dele, Estela Mastellari, de 35 anos, contou que Raphael apresentou uma piora no estado de saúde e foi internado no dia 29 de julho, com dificuldades para respirar. Ele recebeu alta no Dia dos Pais, mas testou positivo para a Covid-19 na mesma semana.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.