Quinta, 28 de Outubro de 2021 18:47
(43)9.8860-1609
GERAL Paraná

Comitiva paranaense participa de fórum de negócios da África e visita Porto de Jebel Ali, em Dubai

Um grupo de empresários e representantes do Paraná, participantes da missão técnica-comercial em Dubai, estiveram nesta semana no Global Business F...

14/10/2021 13h15
55
Por: Jaguariaiva em foco Fonte: Secom Paraná
© Governo do Paraná
© Governo do Paraná

Um grupo de empresários e representantes do Paraná, participantes da missão técnica-comercial em Dubai, que conta com apoio do Governo do Estado, estiveram nesta semana no Global Business Forum Africa (GBFAfrica), que acontece dentro da Expo 2020 e reúne mais de 55 países para explorar oportunidades de comércio bilateral entre os países árabes e a África Subsaariana.

Participaram do evento, que está em sua sexta edição e é promovido pela Câmara de Comércio de Dubai, líderes e organizações influentes da região, responsáveis por redefinir o comércio entre o Conselho de Cooperação do Golfo e o resto do mundo. O fórum também é um ponto de encontro e um espaço de troca entre especialistas econômicos, empresários, investidores e câmaras de comércio de dezenas de países.

O primeiro dia teve participação do presidente e CEO da Câmara de Comércio de Dubai, Hamad Buamim, e do Sheikh Hamdan bin Mohammed bin Rashid Al Maktoum, príncipe herdeiro de Dubai e presidente do Conselho Executivo do Emirado. Mais de 20 palestrantes, entre eles o Sultão Ahmed Bin Sulayem, CEO da multinacional de logística DP World, e o presidente da República Democrática do Congo, Félix-Antoine Tshisekedi Tshilombo, apresentaram visões estratégicas sobre a região e ideias para incentivar o comércio internacional.

O diretor comercial dos Terminais Portuários da Ponta do Félix, Sergio Luiz Nichele Jr., aproveitou o encontro para se reunir com as Câmaras do Comércio de Gana, Namíbia, Marrocos, República Democrática do Congo e Angola. “Esses países são compradores de produtos brasileiros, especialmente fubá e açúcar, produtos que operamos para os nossos clientes no Brasil. Foi uma oportunidade de conhecer mais empresas, potenciais importadores de produtos brasileiros e, com isso, eventualmente aumentar o nosso volume de negócios em Antonina”, explicou.

Para o diretor de Negócios do Biopark de Toledo, Paulo Victor Almeida, o GBFAfrica consegue disseminar tendências e ações que estão sendo tomadas para a realidade da África, mas que podem ser incorporadas em qualquer outro ambiente.

“A palestra sobre a DP World, por exemplo, mostrou como os Emirados Árabes Unidos veem os países em desenvolvimento e os cuidados que eles devem ter para receber os seus investimentos. Essa visão combina muito bem com o objetivo do Paraná Business Experience, que atuou para fortalecer o relacionamento das empresas com o Governo do Estado. Sem falar na atuação da Invest Paraná, que está abrindo este mercado, nos ajudando a compreendê-lo e estabelecendo focos de ações”, ressaltou.

Outros dois fóruns globais serão realizados nos próximos meses na Expo Dubai. O GBFAsean, entre 8 e 9 de dezembro, com países que participam da Associação de Nações de Países Asiáticos; e o GBFLatam, nos dias 23 e 24 de março de 2022, com países do Caribe e da América Latina, entre eles o Brasil.

DP WORLD – Nesta quinta-feira (14), um grupo de membros da missão fez uma visita técnica ao Porto de Jebel Ali, sede da DP World, operadora multinacional de terminais marítimos e terrestres, líder em soluções de logística inteligentes que atua em mais de 70 países.

O Porto de Jebel Ali, que fica a 35 quilômetros de Dubai, é o maior do Oriente Médio e um dos mais movimentados e modernos do mundo. Atualmente, conta com três terminais, e o quarto já está em construção. Tem área total de armazenamento de mais de 1,4 milhão de metros quadrados, compreendendo 27 berços e uma profundidade de cais de 15 metros, permitindo a atracação de navios de carga muito grandes e especiais.

O seu pátio de armazenamento tem capacidade para acomodar mais de 750 mil veículos e um estacionamento de 16,2 mil metros quadrados e sete andares está em desenvolvimento. O complexo ainda conta com a Jebel Ali Free Zone, uma área industrial de zona franca que abriga hoje mais de 8 mil empresas de 120 países. 

A visita técnica contou com a participação do executivo de contas do Departamento Comercial da DP World, Deon D’Mello; e do gerente de vendas do Departamento de Logística, Rajiv Makin, responsáveis por guiar a visita e responder às perguntas dos participantes.

Segundo a gerente de relações governamentais do Sistema Fiep, Letícia Yumi de Rezende, esse tipo de visita estabelece uma aproximação muito importante entre o Paraná e Dubai, principalmente agora que a Fiep inaugurou o seu escritório no Emirado, ao lado da Invest Paraná.

“É fundamental entendermos como funciona o sistema de exportações do porto, principalmente porque temos trabalhos com o Porto de Paranaguá, pois o objetivo é tentar modernizar aquilo que já temos, aprender com eles e passar o conhecimento que já temos”, avaliou.

Para a Ocepar (sistema que reúne as cooperativas paranaenses), o modelo de trabalho do porto de Jebel Ali é uma porta de entrada para o Oriente Médio. "É uma espécie de hub a ser explorado, que envolve também a Ásia. É uma região estratégica para o nosso setor produtivo, não só das cooperativas, mas de todo o Paraná”, explicou o coordenador de gerência técnica e econômica do Sistema Ocepar, Silvio Krinski.

“Esta visita técnica foi muito importante, principalmente para observar o que eles têm hoje, que já está em um patamar extremamente avançado, e comparar com o que eles apresentam no pavilhão da DP World na Expo Dubai. É impressionante o que estão projetando em termos de crescimento, principalmente em tecnologia, redução de custos, e para serem mais competitivos. E tudo ligado à agenda ESG, que tem a ver com o futuro do mundo”, destacou Gilberto Birkhan, presidente da Terminal Ponta do Félix.

EXPO DUBAI– Os próximos dias da comitiva paranaense em Dubai serão dedicados às visitas técnicas na feira, além de reuniões individuais com empresas e investidores estrangeiros que participaram do Paraná Business Experience.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.