Sábado, 27 de Novembro de 2021 23:45
(43)9.8860-1609
SAÚDE Paraná

Em Paranaguá, Saúde conclui série de encontros para discutir o Plano Regional Integrado

Reunião que acontece nesta quinta e sexta-feira reúne Regionais da Saúde e municípios da Macrorregião Leste. Já foram realizados eventos em Maringá...

28/10/2021 15h45
15
Por: Jaguariaiva em foco Fonte: Secom Paraná
© Américo Antonio/SESA
© Américo Antonio/SESA

A oficina de discussão do Planejamento Regional Integrado (PRI) está sendo realizada nesta quinta e sexta-feira (28 e 29) na Macrorregião Leste, que abrange sete regionais e 93 municípios. O evento acontece em Paranaguá, no Litoral do Estado. Neste trabalho, o foco do Governo do Estado e da Secretaria da Saúde é regionalizar os serviços desta área, identificar a necessidade de cada região e agir de maneira conjunta para levar o atendimento mais próximo da casa das pessoas.

Participam do evento municípios da abrangência da 1ª Regional de Saúde de Paranaguá (1ª), Metropolitana (2ª), Ponta Grossa (3ª), Irati (4ª), Guarapuava (5ª), União da Vitória (6ª) e Telêmaco Borba (21ª). Este é o quarto e último encontro macrorregional realizado em duas semanas, sobre a segunda etapa do PRI. O projeto foi iniciado em 2019 e havia sido paralisado devido a pandemia da Covid-19. Agora, o projeto incluirá um eixo de discussão voltado exclusivamente para as ações de enfrentamento à doença com destaque para o pós-pandemia.

“Este momento é muito importante porque podemos expandir as ações observando tantas modificações que tivemos neste período de pandemia”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto, que acompanhou a oficina remotamente. “Estamos diante de muitos desafios ainda, mesmo com os números da Covid-19 melhorando. Temos que avançar e estar preparados para o que vem pela frente”.

A série de encontros começou na semana passada. Equipes da Secretaria da Saúde, do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems/PR) e da União se reuniram com regionais e municípios em Maringá, Londrina, Foz Iguaçu, e agora em Paranaguá, para debaterem a reorganização da Rede de Atenção à Saúde nas quatro Macrorregiões (Noroeste, Norte, Oeste e Leste) e elaborar Planos Individuais Regionais.

“A construção deste documento deve ser ascendente, respeitando a divergência de ideias e de possíveis ações, para que após o fim da pandemia o Plano Regional Integrado volte a ser pauta efetiva no âmbito federal e sirva como balizador para os investimentos regionalizados em Saúde”, acrescentou Beto Preto.

PRESENÇAS– Participam do evento o diretor-geral da Sesa, Nestor Werner Junior; a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da Sesa, Maria Goretti David Lopes; a representante do Conselho Estadual de Saúde (CES/PR), Maria Lucia Gomes; o representante do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi), Carlos Pilz; o 2º diretor de Relações Institucionais e Parlamentares do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e secretário municipal de Saúde de Imbaú, Roberto Amatuzzi Franco; a vice-presidente do Conselho Regional dos Secretários Municipais de Saúde (Cresems) e secretária municipal de Saúde de Pontal do Paraná, Carmen Moura dos Santos; os diretores de Regionais da Saúde Leovaldo Bonfim Pinto (1ª), José Dalmi Dissenha (2ª), Robson Xavier da Silva (3ª), Walter Henrique Trevisam (4ª), Eliane de Cácia Harmuch (5ª), Paula Fernanda Quaglio Krzyzanowki (6ª) e Cleverton Donizete Soares (21ª); além de gestores e secretários municipais dos municípios de abrangência e representantes do Ministério da Saúde.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.