Sábado, 27 de Novembro de 2021 23:15
(43)9.8860-1609
Dólar comercial R$ 5,6 0%
Euro R$ 6,35 0%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.002%
Bitcoin R$ 322.116,12 -0.225%
Bovespa 102.281,82 pontos -3.34%
PARANÁ Dia triste

Crianças morrem após serem arrastadas por correnteza de rio em Cascavel no PR

O caso ocorreu no bairro Brasília, no Loteamento Florais do Paraná. Fortes chuvas atingiram a região na tarde de sábado.

31/10/2021 16h45
128
Por: Jaguariaiva em foco
Foto: Reprodução / portal SOT)
Foto: Reprodução / portal SOT)

 

 

Duas meninas morreram, depois de serem arrastadas por uma correnteza repentina em um riacho de Cascavel, no oeste do Paraná, na tarde de sábado (30). Uma delas foi localizada logo em seguida, a 500 metros do local. A outra foi encontrada na madrugada de domingo (31), a quatro quilômetros de onde foram atingidas pela correnteza.

O caso ocorreu no bairro Brasília, no Loteamento Florais do Paraná. Fortes chuvas atingiram a região na tarde de sábado. Conforme o Corpo de Bombeiros, quatro crianças brincavam no riacho quando foram surpreendidas pela correnteza repentina. Três delas foram levadas pela água. Um menino de 11 anos conseguiu nadar até a outra margem, se salvou e pediu ajuda. Já as duas meninas que ainda estavam na água não conseguiram nadar.

Tão logo os bombeiros e voluntários iniciaram as buscas, localizaram a primeira vítima, uma menina de 12 anos, a 500 metros dali, em parada cardíaca. Os bombeiros ainda tentaram por 40 minutos reanimar a criança com massagem cardíaca, sem sucesso.

Enquanto isso, mais bombeiros e voluntários se uniram às buscas pela outra criança desaparecida, uma menina de 10 anos, que foi encontrada na madrugada deste domingo (31) a quatro quilômetros do Loteamento Florais do Paraná, dentro do Rio Melissa, próximo da estação de tratamento. Ela já estava sem vida, enroscada a galhos de árvores.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.