Segunda, 01 de Março de 2021 10:21
(43)9.8860-1609
DESTAQUE PREVISÃO DO TEMPO

Veja como fica o tempo neste final de semana

A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) se manterá pelo menos até a segunda-feira (08)

05/02/2021 14h21
81
Por: Jaguariaiva em foco
Veja como fica o tempo neste final de semana

 

Para esta sexta-feira (05/02), o destaque fica para o rápido avanço da frente fria no dia anterior pelos estados do sul, chegando à região sudeste do país de forma mais oceânica, porém ainda influenciando nas chuvas. Ao mesmo tempo, o avanço desse sistema vai contribuir para a formação de um primeiro episódio da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que consistem em uma extensa faixa de nuvens carregadas que persiste sobre o Brasil por vários dias consecutivos, cruzando o país sobre parte da região norte, do centro-oeste e do sudeste.

Região Norte

Sobre esta região, teremos também a influência da ZCAS organizando as chuvas entre o oeste do AM, AC, RO, sul do PA e sul do  TO. Como há um alinhamento no fluxo de umidade nessas regiões, existe a condição para ocorrência de temporais localmente fortes, com acumulados superando a marca dos 100 mm, principalmente na parcela centro oeste do AM. Além disso, no estado do AP, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) atua de forma significativa, provocando acumulados expressivos, principalmente na faixa leste do estado. Em contraste com as chuvas na região, no norte do PA e em RR, o tempo apresenta menos instabilidades e menores condições para chuvas.

Região Nordeste

O predomínio de uma massa de ar mais seco mantém a região do norte do MA ao SE com uma condição de tempo estável, sem condições para chuvas. No oeste e sul da BA, há condições para chuvas devido às instabilidades provocadas por um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e também por parte do avanço da frente fria. Os acumulados nessa região podem se aproximar dos 20 mm, mas de maneira isolada.

Região Centro-Oeste

No centro-oeste o tempo terá um contraste entre as chuvas provocadas pela configuração da ZCAS entre o setor norte, e a massa de ar seco no setor sul da região. Com isso, no estado do MT, GO, DF e na região do Alto Taquari e Cassilândia no MS tem condições para chuvas com acumulados expressivos na ordem dos 30 mm e de forma bem distribuída. Contudo, toda a parcela centro-sul do estado do MS, terá um tempo mais firme. 

Região Sudeste

Muitas instabilidades estarão presentes, principalmente, sobre o estado de SP. Essas instabilidades serão provocadas pela presença da frente fria, atuando como um "sumidouro" de umidade, contribuindo para a configuração da ZCAS favorecendo uma grande quantidade de nuvens carregadas na região e a presença de um cavado - uma área alongada de baixa pressão - reforça ainda mais as nuvens de chuvas. Com isso, há condições para acumulados na ordem dos 60 mm no Vale do Paraíba, sul de MG e serra do RJ. Porém as instabilidades não ficam restritas a essas regiões, em todo o estado mineiro e ES também há previsão para chuvas localmente fortes.

Região Sul

Após a passagem rápida da frente fria, associada ao ciclone “Bomba“ no oceano, uma massa de ar mais seco e frio vai predominar na região. Contudo, na faixa leste dos três estados, ainda há condições para rajadas de vento,em função da influência do ciclone, mas nada muito significativo. De forma geral, o tempo terá bastante aberturas de sol e poucas chances para chuvas.

A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) se manterá pelo menos até a segunda-feira (08). Com a atuação deste sistema, o padrão mudará significativamente em relação aos últimos dias, principalmente no sudeste e parte do centro-oeste, com aumento considerável dos volumes de chuva, que ocorrerão de forma mais generalizada e de forma intensa em pontos de SP, sul do RJ, sul de MG e posteriormente nas demais áreas de MG, ES, GO, DF e até o leste de MT, sul e oeste da BA, conforme se desloca lenta e gradativamente nos dias posteriores. Entre o sábado e o domingo, na retaguarda da ZCAS, a presença de um novo cavado, que juntamente com os ventos de sul, intensifica a chuva em parte do leste e litoral de SP.

Entre o domingo e a segunda-feira, este mesmo padrão intensifica a chuva entre o sul de MG e o RJ. Apesar desta intensificação da chuva na retaguarda da ZCAS, a chuva principal e mais volumosa se concentra na faixa mais central do país. No entanto, o tempo fica mais seco em boa parte do centro-sul do Brasil e do leste do Nordeste.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.