Quarta, 03 de Março de 2021 11:10
(43)9.8860-1609
INTERNACIONAL ESPERANÇA

Hospital de Israel diz ter desenvolvido medicamento que pode curar a covid-19

Entre os pacientes, 29 melhoraram em dois dias e deixaram o hospital após cinco dias de internação

06/02/2021 21h32
344
Por: Jaguariaiva em foco
Testes estão sendo feitos no Hospital Ichilov; com bons resultados, hospital entrou com pedido para ampliação do estudo (Foto: JACK GUEZ/AFP via Getty Images)
Testes estão sendo feitos no Hospital Ichilov; com bons resultados, hospital entrou com pedido para ampliação do estudo (Foto: JACK GUEZ/AFP via Getty Images)

 

Pesquisadores do hospital Ichilov, em Tel Aviv, Israel, anunciaram que podem ter desenvolvido um remédio para curar a covid-19. Os estudos ainda são preliminares, mas os índices são positivos.

 

O medicamento EXO-CD24 foi desenvolvido pelo professor Nadir Arbar, do Centro Integrado de Prevenção ao Câncer. Até o momento, 30 pacientes com covid-19 receberam o remédio e o resultado foi positivo em 95% dos casos.

Entre os pacientes, 29 melhoraram em dois dias e deixaram o hospital após cinco dias de internação. Apenas um dos pacientes que recebeu o remédio levou mais tempo para se recuperar.

Segundo Arber, o remédio é dado ao paciente por via inalatória e não é caro e, se comprovada a eficácia, deve ser ministrado diariamente, durante cinco dias. “A fórmula é inalada uma vez ao dia, por cinco dias. Ela vai direto ao ‘coração’ da infecção, ou seja, para os pulmões”, explicou o médico ao portal Times of Israel.

Após os testes preliminares apresentarem bons resultados, o hospital Ichilov fez um pedido ao Ministério da Saúde de Israel para aumentar o número de pacientes envolvidos nos estudos.

Roni Gamzu, diretor do hospital, classificou a pesquisa como “avançada e sofisticada” e afirmou que o remédio poderá salvar pacientes com coronavírus. “Os resultados da fase um são excelentes e dá a todos nós muita confiança no método que Arber tem pesquisado”, declarou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.