Quarta, 03 de Março de 2021 11:27
(43)9.8860-1609
POLÍTICA VIRALIZOU

Vereador reclama e compara salário de R$ 5,9 mil com o de ‘engraxate’

O vereador Artuzinho (DEM), de Ibirité (MG), gerou polêmica nas redes sociais após publicar um vídeo em seu perfil em que reclama do valor do salário de vereador no município ser de R$ 5,9 mil.

11/02/2021 21h30 Atualizada há 3 semanas
329
Por: Jaguariaiva em foco
O vereador Artuzinho (DEM), de Ibirité (MG) (Foto: Reprodução)
O vereador Artuzinho (DEM), de Ibirité (MG) (Foto: Reprodução)

 

vereador Artuzinho (DEM), de Ibirité (MG), gerou polêmica nas redes sociais após publicar um vídeo em seu perfil em que reclama do valor do salário de vereador no município ser de R$ 5,9 mil. A declaração foi dada na segunda-feira (8) durante uma reunião da Câmara Municipal da cidade. 

Assista abaixo:

Na gravação, Artuzinho comparou o salário dele com o de um engraxate. “Eu, vereador, numa cidade de 200 mil habitantes, ganhar R$ 5,9 mil, um secretário aí ganha oito, dez (mil). Por isso o cara vai pra Prefeitura e não quer ser vereador. Para ganhar R$5.900. Eu no meu gabinete com 50, 60 pessoas e todo dia estou aqui às 10 horas pra ganhar isso aqui, R$ 5,9 mil. Isso não é salário de vereador, isso é salário de vendedor de laranja, engraxate”, afirmou.

Na sequência, o vereador afirmou que a Câmara deveria votar um projeto de lei para aumentar os salários dos parlamentares. “O povo na rua, dentro do ônibus falando que vereador ganha 16 mil, 20 mil. Por isso estou mostrando meu contra-cheque aqui. Secretário ganha mais que vereador. Pessoal bate na gente, mas é três horas da madrugada lá em casa pra buscar defunto, pra levar gente pra todo lado, por isso estou pedindo pra votar neste projeto para aumentar mesmo”, concluiu o vereador.

Após a repercussão negativa da fala, o vereador compartilhou uma nota nas redes sociais afirmando que sua intenção “não foi desqualificar ou desmerecer o trabalho do outro”. “A minha intenção foi apenas mostra a sociedade que o salário do vereador de Ibirité não condiz com a subjetividade da população, que imagina que o salário de vereador seja exorbitante”, diz a nota.

Nota de esclarecimento no perfil de Artuzinho

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.