Sexta, 21 de Janeiro de 2022 20:24
(43)9.8860-1609
Dólar comercial R$ 5,45 0.228%
Euro R$ 6,18 +0.587%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.288%
Bitcoin R$ 208.275,04 -15.068%
Bovespa 108.940,17 pontos -0.15%
PARANÁ Litoral do PR

Matinhos irá exigir comprovante de vacinação em espaços de uso coletivo

Serão aceitos como comprovantes de vacinação o certificado de vacinas digital do Conecte SUS ou cartão de vacinação emitido por órgão público.

14/01/2022 08h49
37
Por: Jaguariaiva em foco
Matinhos irá exigir comprovante de vacinação em espaços de uso coletivo

 

A Prefeitura de Matinhos publicou decreto (947) nesta quinta-feira (13), que exige apresentação do comprovante de vacinação contra Covid-19 em espaços públicos e privados de uso coletivo.

O órgão justificou a medida pelo aumento dos casos de Covid-19 no município do litoral paranaense, com uma média de 1 mil atendimentos diários entre os dias 23 de dezembro de 2021 e 10 de janeiro de 2022.

Serão aceitos como comprovantes de vacinação o certificado de vacinas digital do Conecte SUS ou cartão de vacinação emitido por órgão público.

O descumprimento dessas regras pode render multa de R$ 1 mil para pessoas físicas e de R$ 5 mil a R$ 20 mil para pessoas jurídicas, em caso de reincidências do delito.

Os seguintes locais vão ter que se adequar ao decreto da Prefeitura de Matinhos:

academias e ginásios esportivos;

casas noturnas e de espetáculos;

parques de diversão e temáticos;

hotéis, pousadas e afins;

bares, lanchonetes, restaurantes e afins;

salões de beleza, barbearias e afins;

centros comerciais e lojas de rua;

táxis e serviços de transporte por aplicativo.

A Prefeitura de Matinhos ainda editou outros dois decretos nesta quinta-feira com foco no controle da pandemia da Covid-19.

O decreto 946 disponibiliza funcionários de cargos comissionados para a Secretaria da Saúde e o 948 que todos os servidores municipais sejam obrigados a se vacinar contra a Influenza e Covid-19.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.